Pular para o conteúdo principal

BAIANO DE XV ARRANCA EM SALVADOR COM GALÍCIA FRENTE A SERGIPE

O campeonato Baiano de Rugby XV arranca amanhã, domingo 10 de junho, em Salvador, no estádio Santiago Compostela (Brotas) às 10 horas da manhã, com a realização do jogo Galícia Rugby - Sergipe Rugby, a contar para o Grupo Norte da competição.

Devido às alterações que foram introduzidas na prova em função das imposições da CBRu para avaliação da justeza do pedido de filiação da Federação de Rugby da Bahia à Confederação Brasileira, e à posterior anulação dessas alterações na sequência da prorrogação do prazo de avaliação como resultado do adiamento do Campeonato Baiano de Rugby Sevens, o calendário do Grupo Sul do Baiano de XV ainda não se encontra definido, mas deverá estar dentro dos próximos dias.

A partida será dirigida pelo árbitro Marcelo Blanco, assistido nas laterais por Bernardo Ordoñez e Isabela Cristina, com Gilmar Pereira exercendo a função de 4º árbitro.

Porque temos a sensação que alguém está desconfiado que os times da Bahia utilizam jogadores não devidamente cadastrados no CNRU nas partidas oficiais  esclarecemos que é obrigação da FRB ter um mínimo de 120 atletas devidamente cadastrados no CNRU, e que esse número já foi há muito ultrapassado na temporada de 2018, da mesma forma que fora ultrapassado na temporada de 2017, embora as exigências da FRB ultrapassem aquelas determinadas pela CBRu.

Apenas com carácter de informação, fiquem a saber que o Galícia Rugby tem, neste momento, 27 atletas masculinos cumprindo as exigências do CNRU, e que o Sergipe Rugby Clube tem 26 atletas nas mesmas condições, embora nem todos estejam escalados para o jogo de amanhã.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CALENDÁRIO PARA 2019

A Federação de Rugby da Bahia publica hoje, nos termos dos seus estatutos e regulamentos, o seu calendário de actividades para 2019, incluindo as competições oficiais, as acções de formação e a data das assembleias gerais ordinárias, que pode consultar no quadro em anexo. Esta calendário é provisório e será apresentado à Assembleia Geral que se realizará ainda este mês para ratificação.

MELHORES DO ANO 2019 COMO RECONHECIMENTO DO ESFORÇO E DEDICAÇÃO DE TODOS!

Pelo terceiro ano consecutivo a BahiaRugby procedeu à escolha dos melhores do ano, com a colaboração de todos os treinadores dos times em atividade no âmbito da Federação de Rugby da Bahia. Pela segunda vez este ano foi possível fazer a escolha no escalão juvenil, aquele que é o grande objectivo da Federação e que constitui a única forma de garantir o desenvolvimento e sustentabilidade do rugby na Bahia. Fiquem com a relação dos premiados deste ano, e que esta pequena homenagem sirva de estímulo a todos os que de uma ou outra forma foram infectados pelo rugby! MELHORES DO ANO BAHIA RUGBY 2019 REVELAÇÃO FEMININO 1º LUGAR: Yasmin Vitória Castro Dias   (Adustina) 2º LUGAR: Adriely Santana Costa (Adustina) 3º LUGAR: Juliana Silva Félix dos Santos (Adustina) REVELAÇÃO MASCULINO 1º LUGAR: José Deivison Santos Andrade (Adustina) 2º LUGAR: Jordan Sousa (Porto Seguro) 3º LUGAR: Vinicius Antônio dos Santos (Serigy) MELHOR ATLETA RUGBY SEVENS JUVENIL FEMININO 1º LUGAR: J

ASSEMBLEIA APROVA ALTERAÇÕES AOS ESTATUTOS

A Assembleia Geral Extraordinária da FRB que se realizou no passado dia 15 de novembro, aprovou na íntegra as propostas que foram apresentadas, pelo que o ato eleitoral que se avizinha já se regerá por essas mesmas alterações, no que se aplicar. São três as alterações aos Estatutos e as duas primeiras dizem respeito ao reconhecimento da participação em competições oficiais pelos Clubes Aderentes, e ainda estabelece o seu direito a voto nas Assembleias, o que passa a acontecer após a introdução do Regulamento do Clube Aderente em 2016. A terceira alteração prolonga, até decisão específica da própria Assembleia Geral, a excepção que já se encontrava em vigor em relação à participação de dirigentes de clubes ou de associações, de árbitros e treinadores no ativo, nos órgãos de gestão da FRB. A Assembleia aprovou também a suspensão da filiação a clubes que não tenham cumprido as suas obrigações estabelecidas no artigo 11º h) dos estatutos, embora com a ressalva de alterações de situ