Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

FORMAÇÃO, UM DOS PILARES DO FUTURO DO RUGBY NA BAHIA

Um dos pilares do desenvolvimento do rugby na Bahia é claramente a formação, mas uma formação que olhe para o futuro e não apenas para os acontecimentos imediatos, fundamentada na capacitação dos professores de educação física da rede pública de ensino - municipal e estadual - que assegure que a maior parte da juventude baiana tenha acesso ao nosso desporto.

Claro que se trata de uma opção que não vai trazer, só por si, resultados a curto prazo, mas não vamos deixar de dar atenção à formação orientada para escalões etários mais avançados, com base nos clubes e nas regiões, que darão mais rapidamente uma maior visibilidade ao rugby baiano.

O que importa reconhecer é que sem o trabalho de grande difusão, nenhuma política desportiva terá sucesso continuado e sustentado. E é esta integração entre estas duas vertentes que importa garantir.

Na verdade os clubes filiados na FRB possuem de uma forma ou outra, os técnicos de que necessitam para garantir a evolução dos seus escalões maiores, mas temos que ajudar a criar condições para que também nos clubes se comece a dar atenção e cuidado aos escalões mais jovens, nomeadamente os M-17 e os M-19.

Então, porque temos que começar quanto antes a promover a inclusão do rugby junto dos mais novos, a nossa primeira preocupação é criar as condições que permitam capacitar os professores de educação física das redes de ensino, pelo que temos, obrigatoriamente e como primeiro passo, de formar os nossos próprios facilitadores, para que trabalhem todos debaixo da mesma cartilha, obedecendo em primeiro lugar às diretivas e orientações da CBRu sobre a matéria.

Assim, temos discutido todo este desenvolvimento com quem governa e estrutura o rugby no Brasil - e com quem queremos estar alinhados - e vamos avançar para a primeira ação de formação dedicada em exclusivo aos nossos formadores/facilitadores, que irão, depois, trabalhar com os professores de educação física.

Essa primeira ação vai decorrer nos dias 19 a 21 de Fevereiro, em local ainda por definir, mas em princípio na região de Salvador, e que será levada a cabo pelo gestor de desenvolvimento da CBRu e educador da World Rugby, Maurício Migliano.

Os nossos facilitadores deverão cumprir um conjunto de tarefas antes da realização da ação de formação, para que todos tirem o máximo rendimento daquele final de semana, e estas tarefas serão distribuídas muito em breve a cada um dos formadores/facilitadores.

Relembramos aqui que a equipe de formadores/facilitadores da FRB é constituída pelos seguintes elementos:


terça-feira, 5 de janeiro de 2016

DIRETORIA APROVA REGULAMENTOS DE COMPETIÇÕES

A Diretoria da Federação de Rugby da Bahia aprovou em reunião de ontem, 4 de Janeiro, os regulamentos de competições que eram necessários à organização das diversas provas do calendário baiano de rugby.

Os regulamentos agora aprovados estão disponíveis neste site, na etiqueta Documentação e completam o conjunto dos documentos indispensáveis à vida da Bahia Rugby, que a atual administração se tinha comprometido a elaborar e publicar.

Embora tendo consciência que os regulamentos agora aprovados deverão sofrer melhoramentos com a sua entrada em vigor, não pode a Diretoria da  FRB deixar de salientar que esta é a primeira vez, desde a fundação da entidade em 2009, que tais documentos são produzidos, permitindo uma atividade coordenada e disciplinada, que é condição indispensável para afirmação do rugby baiano no contexto do rugby brasileiro.

Estão assim reunidas as condições para que as competições oficiais organizadas no âmbito da FRB se disputem sem interferências estranhas de indivíduos que não querem que o rugby baiano evolua e progrida, antes preferindo que a modalidade continue ao sabor do acaso.

Cada dia que passa, o edifício do rugby baiano se apresenta mais estruturado e consolidado, aberto a todos os que queiram com ele colaborar, respeitando aqueles que são os valores que orientam a sua vida.

Foi também publicado hoje, por decisão do Conselho de Administração da Federação, o Plano Estratégico para 2016, que pode ser consultado sob a etiqueta Transparência - Plano e Orçamento.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

DECISÕES JANEIRO 2016


DECISÕES DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO - JANEIRO 2016
1

Data e Horário: Aos 4 dias do mês de janeiro de 2016, às 21:00 horas.
Local: Reunião via Skype.
Presentes: Manuel Augusto Rosendo Ribeiro Cabral, Presidente, Diego Hamilton Silva dos Reis, Vice Presidente e Nilo Pabulo Braga Maia de Souza, Tesoureiro.
Ordem do dia: Aprovação do Plano Estratégico para 2016

Depois de amplamente discutido, foi aprovado o Plano Estratégico para 2016 da FRB. Decisão aprovada por unanimidade.



REUNIÕES PLENÁRIAS DA DIRETORIA - JANEIRO 2016

1
Data e Horário: Aos 4 dias do mês de janeiro de 2016, às 19:00 horas.
Local: Reunião via Skype.
Presentes: Manuel Ribeiro Cabral, Nilo Braga de Souza, Clarice Oliveira, Danni Lopes
Ordem do dia:
1 - Análise e aprovação do Regulamento Geral de Competições da FRB;
2 - Análise e aprovação do Regulamento dos Torneios de Sevens da FRB;
3 - Análise e aprovação do Regulamento do Circuito de Sevens da FRB;
4 - Análise e aprovação do Regulamento do Campeonato Baiano de Sevens da FRB;
5 - Análise e aprovação do Caderno de Encargos dos Torneios de Sevens da FRB;
6 - Análise e aprovação do Regulamento do Campeonato Baiano de Rugby XV da FRB;
7 - Análise a aprovação do Regulamento da Copa Velho Chico 2016

O Presidente abriu a sessão e informou que os documentos em pauta foram elaborados com a contribuição ativa dos Diretores André Soares e Diego Hamilton Reis, que não puderam, por motivos de ordem pessoal, estar presentes na reunião.
Depois fez a apresentação das propostas em pauta, e esclareceu que os regulamentos poderão e deverão ser melhorados conforme a sua aplicação venha a justificar, para o que solicitou que qualquer sugestão quanto a esta matéria lhe seja enviada para análise e eventual colocação em pauta, após o que todos os Diretores presentes se pronunciaram sobre todos os regulamentos.
Os sete pontos da pauta foram aprovados por unanimidade.

CALENDÁRIO OFICIAL 2019

CALENDÁRIO OFICIAL 2019