Pular para o conteúdo principal

REGULAMENTO DA CARREIRA DE ÁRBITRO NA BAHIA

ÁRBITRO DE RUGBY DA BAHIA
REGULAMENTO DA CARREIRA

O árbitro de rugby é uma peça indispensável no xadrez da nossa modalidade, e da mesma forma como a Federação de Rugby da Bahia exige o mais absoluto respeito pela sua pessoa e pelas suas decisões, também exige que os nossos árbitros sejam conhecedores das Leis do Jogo, dentro do seu Espírito, e que contribuam efetivamente para o desenvolvimento e crescimento do rugby e dos seus Valores.
Nesse sentido cria-se, com efeitos a partir do dia 1 de Março de 2016, um sistema organizado de carreira do árbitro, que pretende dignificar a atividade e criar condições para que a modalidade e seus Valores sejam cada dia mais conhecidos e respeitados.

REGULAMENTO
1- A carreira do Árbitro de Rugby da Bahia está separada em seis níveis de classificação, de acordo com a experiência e conhecimentos que os árbitros mostrem possuir, através da sua atividade e das provas teóricas e práticas a que serão submetidos com regularidade.

2- Os níveis dos árbitros da Bahia são os seguintes:
2.1 – Árbitro Estagiário;
2.2 – Árbitro Iniciado;
2.3 – Árbitro Nível 1;
2.4 – Árbitro Nível 2;
2.5 – Árbitro Nível 3;
2.6 – Árbitro Top Bahia.

3- A carreira do árbitro começa com a manifestação da vontade de um indivíduo em ser Árbitro de Rugby, e com a freqüência de um Curso de Árbitro Iniciado.
3.1- O candidato a árbitro que freqüente o Curso de Iniciação será designado Árbitro Estagiário, e, após o curso, deve ter uma atividade regular na modalidade, em que será monitorado pela Escola de Árbitros da Bahia, durante o período de um ano, no fim do qual será sujeito a avaliação.
Se aprovado nessa avaliação, o Árbitro Estagiário passará ao nível de Árbitro Iniciado.
3.2- O Árbitro Iniciado deve ter uma atividade regular na modalidade, em que será monitorado pela Escola de Árbitros da Bahia, durante o período de um ano, no fim do qual será sujeito a avaliação.
Aprovado nessa avaliação, o Árbitro Iniciado poderá freqüentar o Curso de Árbitro de Nível 1.
3.3- O Árbitro que seja aprovado no Curso de Árbitro de Nível 1, deve ter uma atividade regular na modalidade, em que será monitorado pela Escola de Árbitros da Bahia, durante o período de um ano, no fim do qual será sujeito a avaliação.
Se aprovado nessa avaliação, o Árbitro poderá freqüentar o Curso da CBRU – World Rugby Level One.
3.4- O Árbitro que seja aprovado no Curso da CBRU – World Rugby Level One, deverá manter a sua atividade regular por mais um ano, altura em que será novamente avaliado.
Aprovado nessa avaliação, o Árbitro Nível 1 poderá freqüentar o Curso de Árbitro Nível 2.
3.5- O Árbitro que seja aprovado no Curso de Árbitro de Nível 2, e que mantenha uma atividade regular, será avaliado anualmente.
Se aprovado em duas avaliações sucessivas e com um intervalo entre si de um ano, o Árbitro Nível 2 será indicado pela Escola de Árbitros da Bahia para freqüentar o Curso CBRU – World Rugby Level Two.
Aprovado nesse Curso, o Árbitro passará ao Nível 3 da Carreira do árbitro.
O Árbitro Nível 3 será sujeito a avaliações anuais, podendo ser classificado como Árbitro Top Bahia a partir da segunda avaliação sucessiva.
Para atribuição deste nível, será constituído júri especial, em que obrigatoriamente fará parte um árbitro do nível máximo da hierarquia da arbitragem nacional.

4- Os árbitros de Nível 2 ou superior, deverão participar obrigatoriamente em ações de formação de árbitros, sob nomeação da Escola de Árbitros, sem o que não poderão evoluir na Carreira.

Bahia, 1 de Março de 2016

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CALENDÁRIO PARA 2019

A Federação de Rugby da Bahia publica hoje, nos termos dos seus estatutos e regulamentos, o seu calendário de actividades para 2019, incluindo as competições oficiais, as acções de formação e a data das assembleias gerais ordinárias, que pode consultar no quadro em anexo. Esta calendário é provisório e será apresentado à Assembleia Geral que se realizará ainda este mês para ratificação.

MELHORES DO ANO 2019 COMO RECONHECIMENTO DO ESFORÇO E DEDICAÇÃO DE TODOS!

Pelo terceiro ano consecutivo a BahiaRugby procedeu à escolha dos melhores do ano, com a colaboração de todos os treinadores dos times em atividade no âmbito da Federação de Rugby da Bahia. Pela segunda vez este ano foi possível fazer a escolha no escalão juvenil, aquele que é o grande objectivo da Federação e que constitui a única forma de garantir o desenvolvimento e sustentabilidade do rugby na Bahia. Fiquem com a relação dos premiados deste ano, e que esta pequena homenagem sirva de estímulo a todos os que de uma ou outra forma foram infectados pelo rugby! MELHORES DO ANO BAHIA RUGBY 2019 REVELAÇÃO FEMININO 1º LUGAR: Yasmin Vitória Castro Dias   (Adustina) 2º LUGAR: Adriely Santana Costa (Adustina) 3º LUGAR: Juliana Silva Félix dos Santos (Adustina) REVELAÇÃO MASCULINO 1º LUGAR: José Deivison Santos Andrade (Adustina) 2º LUGAR: Jordan Sousa (Porto Seguro) 3º LUGAR: Vinicius Antônio dos Santos (Serigy) MELHOR ATLETA RUGBY SEVENS JUVENIL FEMININO 1º LUGAR: J

ASSEMBLEIA APROVA ALTERAÇÕES AOS ESTATUTOS

A Assembleia Geral Extraordinária da FRB que se realizou no passado dia 15 de novembro, aprovou na íntegra as propostas que foram apresentadas, pelo que o ato eleitoral que se avizinha já se regerá por essas mesmas alterações, no que se aplicar. São três as alterações aos Estatutos e as duas primeiras dizem respeito ao reconhecimento da participação em competições oficiais pelos Clubes Aderentes, e ainda estabelece o seu direito a voto nas Assembleias, o que passa a acontecer após a introdução do Regulamento do Clube Aderente em 2016. A terceira alteração prolonga, até decisão específica da própria Assembleia Geral, a excepção que já se encontrava em vigor em relação à participação de dirigentes de clubes ou de associações, de árbitros e treinadores no ativo, nos órgãos de gestão da FRB. A Assembleia aprovou também a suspensão da filiação a clubes que não tenham cumprido as suas obrigações estabelecidas no artigo 11º h) dos estatutos, embora com a ressalva de alterações de situ